por Rogélia Heriberta

Diante das possibilidades tão extensas de inclusão a coluna Art Inclusiva irá apresentar aos leitores da Revista Digital Tendência Inclusiva a arte inclusiva de Rogélia Heriberta de Jesus com pinturas, desenhos, esculturas e fotografia.

 

 

 

 

 

Selos - Acessibilidade de Scott Rains

 

 

Scott Rains nasceu em Chicago. Luta há muito anos pela inclusão social e pela acessibilidade. Filho de Francis Dombrowski que é de origem Polaca porém a língua inglesa coabitava inserindo sempre palavrinhas em alemão, a língua polonesa, e gíria da língua russa. Sua mãe, também de Chicago, veio de família  que habitava em uma aldeia em Slovaka. Dentre tantos universos, Scott estudou várias culturas, várias línguas e viaja o mundo todo. É amante do turismo adaptado e batalha para que ele seja fácil para todos.

 

Em uma breve entrevista com Scott Rains ele nos conta que com 17 anos, descobriu através de uma biopsia um tumor na coluna dorsal o deixou tetraplégico. Na época, 1972, fez com que Scott Rains tivesse muitas oportunidades de inserir um movimento que tem o intuito de promover uma nova identidade e gerar novos conceitos para pessoas com deficiências.

 

"Foi maravilhoso fundar a primeira Associação de Estudantes com Deficiências na University of Washington em Seattle e conseguir conscientizar a universidade a necessidade de remover barreiras arquitetônicas"–relata Scott.

 

Scott Rains faz parte de geração que não aceitava  injustiças e, ainda jovens, dedicavam a inventar soluções novas. 

 

"A primeira coisa que a cultura PCD me ensinou foi que adotar independência e isto me permitiu reconhecer minhas limitações funcionais sem confundir isso com a pressão social de sentir "menor." Temos nossos heróis e grandes sucessos políticos. Sempre preferia contar com o sucesso inevitável deles e seguir trilhas consideradas impossíveis como na área de turismo, lazer, ou agora arte sobre nós retratadas nos selos" – diz Scott.

 

Conheça mais alguns selos criados por Scott Rains: http://www.zazzle.com/collections/inclusive_travel-119982196886074679

Como sabemos que  Scott Rains tem se dedicado a um estudo minucioso e criterioso dos selos nos diversos países perguntamos a ele como ele acredita que o Selo Postal, veículo cultural e pedagógico, pode colaborar com a pessoa com deficiência?

 

Acho que criação de selos aproxima a convivência com deficiência facilitando a evolução  por ser um veículo cultural e pedagógico importante pois ele expõem para todos o mundo que enfrentamos pressões injustas para menos tempo e recursos que eu nas vidas deles. Quero deixar um legado intelectual para que futuro todos entendem a real necessidade das interações. Os selos são vistos por um pais inteiro. Podem educar e abrir portas.

 

Scott, a história dos selos é esta: O primeiro selo a circular no mundo foi, assim, o "penny black" que representava a efígie da soberana reinante - Rainha Vitória - impressa a preto sobre fundo branco. (Fonte: "Princípios Básicos da Filatelia" - Eurico Carlos Esteves Lage Cardoso). Você acredita que os selos podem gerar um legado inclusivo aqui no Brasil por exemplo? De que forma?

 

No Brasil existem varias entrevistas e estudos sobre o movimento das pessoas com deficiência que tinham muita força nas décadas anteriores. Os selos que estudo faziam parte de uma conversa mundial sobre a necessidade da inclusão que se instalou na década de 80 quando formamos muitos grupos novos sobre temas e populações esquecidas. Com a arte publicada os selos dos países participantes como o Brasil abriu um porto novo para muitos artistas contribuirem. Este legado internacional no campo das artes expõem atitudes e mostra  que invenções na "língua visual" podem ser discutidas.

 

Por exemplo, não queríamos aquela imagem de uma flor morrendo como no selo brasileiro do evento de 1981 que nada tem haver conosco por isso acredito que novas imagens dos Jogos Rio 2016 irão representar os atletas de elites com deficiência, que não irão ser mais considerados "coitados" como foram simbolizados em 1981.

 

 

Selo - Acessibilidade Scott Rains

80x60

O Viajante Scott Rains em busca do Turismo Acessível

 

 

por Rogélia Heriberta

 

Fotos do acervo do entrevistado

Mostrar Mais

Espero que tenham gostado!

 

Aguardo sugestões de esportistas que fazem a diferença para compor nossa galeria de Art Inclusiva!

Galeria de Fotos Art Inclusiva por Rogélia Heriberta

 

Ano 1:

Os Gigantes do Rugby em Cadeira de Rodas

Amor de Irmãos

com os filhos de Rogélia Heriberta

Voo Inclusivo

com Evinho Bezerra

Vida e Alegria

com Alan Mazzoleni

Um Mergulho na Inclusão

com Adriana Buzelin

Arte, Incluir, Amor Eterno

com Gelzimar Borges

Tendência Inclusiva

Aniversário de 1 ano!

Autismo - Além do Horizonte

com Bruno Caruso

Ano 2:

Selo - Acessibilidade

com Scott Rains

O Triunfo das Escolhas Inclusivas

com Samanta Bullock

© Copyright Tendência Inclusiva  2014 / 2020