O Verde que Inspira

Se inspire com as músicas que homenageam a Natureza

 

‘’No momento em que o homem encantar-se com o canto dos pássaros, com a beleza de uma flor, com a magnitude de uma floresta, com a imensidão do mar, com o infinito universo, terá ele encontrado o real valor da vida, o caminho que o levará ao verdadeiro sentido de sua existência.’’

Floresta dos Guaras – Maranhão

Foto retirada da internet via Google

Nesta edição, de uma forma poética e leve, pretendo chamar o leitor à apreciar toda a obra da Mãe Natureza. Os problemas existem e a degradação está cada dia mais intensa, mas quem sabe ao observarmos regiões e espaços verdes ainda preservados e mostrados na Coluna Bio Tendência, não possamos mudar nossos hábitos, muitas vezes acomodados.

 

Um 2016 repleto de boas atitudes e muito verde ao redor.

‘’A lenha do seu fogão..........(vem da natureza) }

O trigo que faz teu pão..........(vem da natureza) }

A luz do teu lampião, viu..........(vem da natureza) }

A água que molha o chão, viu..........(vem da natureza) }

Salve a natureza, amor..........(salve a natureza) }

Salve a natureza, amor..........(salve a natureza) }

Um pedaço do céu ficou aqui

Beija-flor fez morada no jardim

Temos água da fonte pra beber."

 

Trecho da música SALVE A NATUREZA – Beth Carvalho

‘’Os números comprovam que a Amazônia é dos lugares de maior biodiversidade da Terra: foram catalogados 637 novas plantas, 257 peixes, 216 anfíbios, 55 répteis, 39 mamíferos e 16 pássaros.’’

Fonte: pisagismobrasil.com.br- Foto: paisagismobrasil.com.br

‘’Seja uma pessoa consciente
Plante em sua mente uma semente,
De amor, de amor...

Tenha uma atitude inteligente
Preserve sua vida e o meio ambiente
Vai sobreviver
Vai agradecer, Vai agradecer...

Pode acreditar,
Somos filhos da mãe natureza
Pra viver é preciso cuidar
Cuidar!

Não deixem que o mal
Da destruição
Acabe com o verde
Pro nosso bem
É vital
Tudo que for natural
Tudo que for natural...’’
 

Trecho da musica Somos Filhos da Mãe Natureza

Foto retirada da internet via Google

Foto retirada da internet via Bing

Passaredo

Chico Buarque

 

Ei, pintassilgo
Oi, pintaroxo
Melro, uirapuru
Ai, chega-e-vira
Engole-vento
Saíra, inhambu
Foge asa-branca
Vai, patativa
Tordo, tuju, tuim
Xô, tié-sangue
Xô, tié-fogo
Xô, rouxinol sem fim
Some, coleiro
Anda, trigueiro
Te esconde colibri
Voa, macuco
Voa, viúva
Utiariti
Bico calado
Toma cuidado
Que o homem vem aí
O homem vem aí
O homem vem aí

Ei, quero-quero
Oi, tico-tico
Anum, pardal, chapim
Xô, cotovia
Xô, ave-fria
Xô, pescador-martim
Some, rolinha
Anda, andorinha
Te esconde, bem-te-vi
Voa, bicudo
Voa, sanhaço
Vai, juriti
Bico calado
Muito cuidado
Que o homem vem aí
O homem vem aí
O homem vem aí

Onde Eu Nasci Passa Um Rio

Caetano Veloso

 

Onde eu nasci passa um rio
Que passa no igual sem fim
Igual, sem fim, minha terra
Passava dentro de mim

Passava como se o tempo
Nada pudesse mudar
Passava como se o rio
Não desaguasse no mar

O rio deságua no mar
Já tanta coisa aprendi
Mas o que é mais meu cantar
É isso que eu canto aqui

Hoje eu sei que o mundo é grande
E o mar de ondas se faz
Mas nasceu junto com o rio
O canto que eu canto mais

O rio só chega no mar
Depois de andar pelo chão
O rio da minha terra
Deságua em meu coração

Nascente do Rio São Francisco

Foto retirada da internet via Google

‘’Se soubesse que o mundo se acaba amanhã, eu ainda hoje plantaria uma árvore.’’

Martin Luther King

por Lícia Lima em 25/01/2016

© Copyright Tendência Inclusiva  2014 / 2020