por Rogélia Heriberta

Diante das possibilidades tão extensas de inclusão a coluna Art Inclusiva irá apresentar aos leitores da Revista Digital Tendência Inclusiva a arte inclusiva de Rogélia Heriberta de Jesus com pinturas, desenhos, esculturas e fotografia.

 

 

 

O Triunfo das Escolhas Inclusivas com Samanta Bullock

 

 

Samanta estamos iniciando um Novo Ano com muitas perspectivas no Brasil e no mundo sobre as Olimpíadas e Paraolimpíadas 2016 na busca por mais oportunidades e igualdades para todos, e você é uma grande referência não só como atleta de tênis em cadeiras de rodas, como modelo internacional que passa a importância da beleza inclusiva, dona também do projeto "Cozinha Viva" que orienta e ensina sobre alimentos saudáveis, tem muito a nos passar sobre bem estar. Com todos esses adjetivos que mensagem resume seu projeto de vida, e ou, a Samanta Bullock a fim de que possamos ter um mundo mais próspero e igualitário, mais inclusivo para 2016?

 

Primeiramente gostaria de agradecer a oportunidade e dizer que é um prazer estar aqui escrevendo para vocês nesta revista "Tendência Inclusiva", que tem um papel social tão importante na nossa sociedade. O ano de 2016 será um ano de grandes realizações para o Brasil. As Olimpíadas junto com as Paraolimpíadas vão colocar os olhares do mundo todo virados para o nosso país. Será um grande evento e ficará marcado na história. Espero que seja um grande sucesso e que todo este processo até Ago/Set venha para melhorar a vida de muitos brasileiros que precisam de acessibilidade e de infraestrutura num todo. Na área Fashion eu diria que muitos projetos já estão sendo feitos e, a passos de formiguinha, estamos conseguindo estabelecer e fortalecer estes. Hoje em dia muitas pessoas já se reintegram na sociedade através da moda. Um grande exemplo de sucesso é o projeto na qual sou embaixadora, chamado Fashion Inclusivo onde hoje temos mais de 50 modelos fazendo desfiles por todo o Brasil. Minha luta para 2016 será a da Inclusão num geral, acessibilidade e igualdade, que é o mínimo que podemos ter.

 

 

Samanta é gaúcha da cidade de Osório, nascida em 14 de agosto de 1978, e foi aos 14 anos que ficou paraplégica por ter se acidentado com uma arma de fogo, o que trouxe, como consequência, uma lesão incompleta T12, L1. Como explica ter passado por tantos desafios e manter-se sempre otimista, profissional, amiga, alegre e dinâmica?

 

Mas BAH, obrigada pelo carinho e pelos elogios. Uma gaúcha com uma mistura de tudo, SP, RJ, GYN, BSB capixaba e até um pouco do MT e RN. Tenho amigos por todos os lados e amo o que faço. Acho que isso torna a vida mais fácil e alegre. Levar a vida com um pouco mais de leveza é um dos meus lemas. Não me comparar com ninguém e tentar ser o meu melhor eu todos os dias. Desde a minha comida, meu sono, minha água, academia, minha casa, amigos etc. Todos os dias tento dar o meu melhor e com certeza isso se reflete no profissionalismo e na forma de encarar os desafios. Também medito diariamente e isso me ajudou nos últimos anos a ficar mais em paz e em foco com meu presente e ver a vida de uma maneira mais feliz.

Mostrar Mais

Hoje Samanta vive em Londres na Inglaterra com seu marido Mark Bullock, responsável pelo tênis adaptado na Federação Internacional de Tênis (ITF). Samanta, sabemos que possui atribuições nos jogos Paraolímpicos 2016, quais são?

 

Eu me aposentei do tênis faz mais de 4 anos, não jogo mais profissionalmente. O Mark como o responsável pelo tênis em cadeira de rodas no mundo, estará trabalhando no RJ e eu estarei trabalhando para a IPC- Comitê Paraolímpico Internacional como uma atleta do programa

#proudparalympian, que é um projeto que busca criar atletas de ponta que sirvam de exemplo e que divulguem os valores paraolímpicos: Igualdade, Coragem, Determinação e Inspiração. Será um evento e tanto!

 

Samanta, você e Mark Bullock são casados a alguns anos unidos por um mesmo mundo:  o dos esportes. Como se apaixonaram? Como quebraram o tabu sobre relacionamentos com a pessoa com deficiência?

 

Nos encontramos nos torneios durante alguns anos e ate que um dia fomos flechados pelo anjinho do amor e claro sempre é uma surpresa. Eu não me imaginava casando, muito menos com alguém de fora e vindo morar aqui tendo que aprender outra língua entre outras coisas. No nosso caso não tivemos tabu, pois o Mark já trabalhava nesta área da deficiência. Eu pensei que poderia ter alguma rejeição com a família dele, mas foi tudo perfeito, eles me acolheram como uma filha e aqui estamos a mais de 7 anos casados e muito felizes, esperando por mais muitos anos juntos.

 

Como modelo inclusivo, sabemos que você, pelo falto de morar em Londres, faz parte do casting de uma agencia exclusiva para pessoas com deficiência, qual sua missão principal?

 

A VisAble é uma agência inglesa, a qual faço parte a anos e já está a mais de 20 anos no mercado. A missão da agência é a integração. Fazer com que todos os tipos de trabalhos possam ser feitos por artistas, modelos, atores, músicos, pessoas com algum tipo de deficiência. Deseja que todos tenham as mesmas chances no mercado de trabalho que um andante.  É realmente uma transformação no conceito das pessoas, quando você começa ver pessoas deficientes na TV e isso passa a ser normal, como realmente é, assim crianças não precisarão serem educadas para aceitar ou respeitar a deficiência, será uma coisa normal e banal. Também desmistificar a ideia de que a pessoa com deficiência não é capaz.

Mostrar Mais

Temos visto que utiliza a teoria e prática de que a cadeira de rodas é potencializadora de um ser humano, como explica algo assim tão contagiante?

 

Isso é uma teoria que eu inventei, mas que acho que procede. Todo ser humano tem uma raíz, algo que ja vem intrínseco com ele, uma predisposição para aquilo que esta inserida nele. Se a pessoa é mais triste, reclamona, não espere que uma cadeira de rodas a vá fazer otimista. Acho que a cadeira nesta situação faz com que os atributos que a pessoa já tinha anteriormente se fortifiquem. Acho, e digo aqui que é tudo "achometro", que a pessoa quando já é forte, otimista, alegre, e se depara com um acidente que a deixe na cadeira a cadeira poderá ser a pessoa a querer fazer a diferença, lutar pelos direitos... Já uma pessoa mais fraca terá na cadeira a oportunidade de se deixar dominar e nada fará para mudar.

 

Você tem realizado muitos vídeos com a "Cozinha Viva", que especiarias ensinam e o que levou você uma modelo e atleta dividir com seu público essa ideia de alimentos saudáveis? E falando nisto que prato indicaria para nós neste inicio de ano pra começarmos com o pé direito e lindos como você?

 

Por ser modelo sempre tentei ser saudável, pelo meu peso e pela saúde em si. Quando comecei a conhecer mais sobre a comida viva e entender o que comidas processadas e refinadas, como açúcar, farinhas, frituras, carnes fazem no nosso corpo a curto e longo prazo, quando você se ama você vai querer fazer com que a sua “máquina” o seu corpo funcione da melhor forma possível, estudando a gente vê que digerir uma banana ou uma maçã, são coisas que o corpo esta mais preparado para fazer do que comer algo processado, que não existe na natureza. É mais sobre o que você não come do que sobre o que você come. Não é uma dieta, é um estilo de vida, são decisões diárias sobre como você quer se sentir no final de cada refeição, no final do dia no final do mês, no final do ano. E além de tudo ainda me deixa magra e com muita disposição. Quer mais?

 

Tem muitos filmes que eu indicaria, tem um mais que todos que se chama Cowspiracy, mas não se tem ele em português, mas no Netflix para quem entende inglês é a pedida do momento. E outro em português que se chama a Carne é Fraca, ele fala um pouco do meio ambiente dos animais e de uma dieta mais rica em comidas plantadas. Aprendendo a gente vai mudando e vai vendo que a mudança começa dentro de nós, é um processo lindo.

 

Eu indicaria um mousse de chocolate, adoro! Chocolate sempre é bom e nos deixa bem humorados e felizes.

 

Ingredientes:

- 3 abacates maduro;

- 1 colherinha de baunilha;

- 1 colher de cacau;

- 4 colheres de agave;

- 1 colherinha de suco de limão;

- 1 pitada de sal.

 

Misturar tudo no processador. Colocar na geladeira por 2 horas e servir.

 

 

Aqui também tem uma outra receita que tenho certeza que vocês vão amar. Assistam e se inscrevam no canal para mais receitas naturais! Bom apetite!

 

Samanta, desde sempre tem sido um apoio a todos que desejam fazer o bem, realizar a inclusão e a acessibilidade, você apoia algum projeto em especial?

 

Tem o Fashion Inclusivo no Brasil que é um projeto de moda na qual sou embaixadora e que procura a inclusão através da moda.

A WeAdapt que é um projeto que faz roupas para pessoa com deficiência e é de Portugal.

O Proud Paralympian que busca salientar os valores paraolímpicos no mundo todo.

 

A Art Inclusiva Rogélia Heriberta realiza uma arte contigo. Como vê as artes nessa perspectiva inclusiva?

 

A arte da Rogélia Heriberta é única. Tem uma alma um desapego e beleza que ela extrai das pessoas ou das situações que ela pinta que é magnifico. Foi com certeza um privilégio ser pintada, retratada por ela, pois é uma arte que vai além da tela, ela mostra caminhos e expõe a deficiência da maneira mais igualitária possível. Uma inclusão através da arte na própria arte. Lindo, lindo, lindo. Quem não conhece este trabalho deveria tentar saber um pouco mais.

 

Gostaria de deixar uma mensagem especial para o público da Revista Tendência inclusiva neste início de ano?

 

Nós somos todos um. Nascemos de uma explosão de energia. Dê a esta energia o nome que você quiser, Deus, Jesus, Natureza, Buda… mas não estamos separados uns dos outros. A sua felicidade faz a minha e vice-versa.

 

Se conheça, seja feliz e retribua ao mundo. E acima de tudo seja grato por tudo.

Desejo que todos tenham um ano de 2016 maravilhoso, com muita saúde e paz. Um beijo grande.

 

 

O Triunfo das Escolhas Inclusivas

Desenho aquarela

70x50

 

por Rogélia Heriberta

 

Fotos do acervo do entrevistado

Espero que tenham gostado!

 

Aguardo sugestões de esportistas que fazem a diferença para compor nossa galeria de Art Inclusiva!

Galeria de Fotos Art Inclusiva por Rogélia Heriberta

 

Ano 1:

Os Gigantes do Rugby em Cadeira de Rodas

Amor de Irmãos

com os filhos de Rogélia Heriberta

Voo Inclusivo

com Evinho Bezerra

Vida e Alegria

com Alan Mazzoleni

Um Mergulho na Inclusão

com Adriana Buzelin

Arte, Incluir, Amor Eterno

com Gelzimar Borges

Tendência Inclusiva

Aniversário de 1 ano!

Autismo - Além do Horizonte

com Bruno Caruso

Ano 2:

Selo - Acessibilidade

com Scott Rains

O Triunfo das Escolhas Inclusivas

com Samanta Bullock

Desafios e Conquistas

com Aline Cabral

© Copyright Tendência Inclusiva  2014 / 2020