Conexão Inclusiva é a Revista Digital Tendência Inclusiva

nas ruas participando de eventos e trazendo notícias únicas para você.

Cerveja com Sabor de Inclusão.

Para os machistas de plantão que acham que lugar de mulher é na cozinha, a resposta é positiva para outro grupo de machos intelectuais que afirmam que elas devem estar na cozinha fazendo uma bela cerveja. Na história da humanidade, mas precisamente até a Idade Média, as mulheres eram responsáveis pela produção dessa bebida que até hoje é apreciada pela maioria dos homens. Infelizmente, há quem diga que mulher e cerveja não combinam. Para mudar essa visão machista, o dia 8 de março de 2015, dia internacional da mulher, foi marcado pela ação da Pink Boots Society, uma organização sem fins lucrativos, com sede em Portlan nos EUA feita por e para mulheres cervejeiras, encorajando e incentivando as mesmas a estarem no mercado de trabalho. Lugar de mulher é na CERVEJARIA, seja como consumidoras ou como ótimas cervejeiras. A escolha é individual e sem pressão, cada mulher escolhe qual é o seu lugar. Tal ação foi à criação do IWCBD – Internacional Women´s Collaborations Brew Day, onde mulheres de todo o mundo foram convidadas a unirem-se e fazerem cervejas. A proposta desse ano foi à criação da Unite Red Ale, totalizando a participação de 100 cervejeiras, entre as adesões: Estados Unidos todos os estados tiveram pelo menos uma representante, entre outros 10 países envolvidos, como exemplo da Itália, Suíça, Inglaterra, Japão, Austrália e Brasil. Em território brasileiro, os estados foram: Aracaju, Belo Horizonte, Brasília e São Paulo.

 

A empresa Lamas Brew Shop resolveu abraçar essa nobre causa, no estado de São Paulo, promovendo uma verdadeira inclusão, abrindo espaço para mulheres cervejeiras, convidou Kathia Zanatta, renomada sommelière de cervejas e co-fundadora do Instituto Cerveja Brasil, para criar na Cervejaria Nacional uma receita sazonal, em homenagem ao dia mais importante para as mulheres. Zanatta optou por uma bebida com vermelho intenso. O aroma potente de lúpulos cítricos americano, willamette e uma variação de equinox. Que dá um aroma de tangerina fresca e folhas de limoeiro a bebida. Um punch de caramelos, com corpo leve e alma feminina. Para quem pensa que a cerveja é doce, ela tem 50 IBU que equilibram os caramelos dos maltes, isso eleva o amargor da bebida que tem 5% de teor alcoólico.

 

O processo inicial de fermentação, foi acompanhado pela Caroline Marques, Miss Brasil Cadeirante, que foi representando a ONG Essas Mulheres.

O dia além de abrir espaço para inclusão das mulheres nesse mercado de trabalho, também é acompanhado de uma boa ação. 80% da renda serão convertidas para ONG Essas Mulheres, que luta pelos direitos humanos e da pessoa com deficiência. Alessando Morais, diretor da Lamas Brew Shop, tomou conhecimento do trabalho da militante e presidente da Ong Essas Mulheres, Márcia Gori, ficou sensibilizado com a campanha STOP, cuja madrinha é a atriz e modelo Brisa Ramos, que luta pelo fim de qualquer tipo de violência contra as mulheres.  Os outros 20%, serão doados  para Pink Boots Society.

Da esquerda para a direita:

Alessandro Morais sócio do Lamas Brew Shop, Kathia Zanatta Sommelière de Cervejas e sócia doInstituto da Cerveja Brasil, Caroline Marques - Miss Brasil Cadeirante e representante da ONG Essas Mulheres e Guilherme Hoffmann Mestre Cervejeiro da Cervejaria Nacional. Foto: Kica de Castro

 

O lançamento da Unite Red Ale, aconteceu no dia 13 de abril, na Cervejaria Nacional, que vão comercializar 500 litros produzidos (edição limitada) , especialmente para essa ocasião. Os copos são de 320 ml a R$ 18,00 ou em 550ml, a R$ 26,00. 

 

Kica de Castro, que faz parte do marketing da ONG Essas Mulheres, acompanhou o lançamento e aproveitou para fazer algumas belas imagens do lançamento.

 

A Cervejaria Nacional fica localizada na Avenida Pedroso de Morais, 606 – Pinheiros – São Paulo. Lembrando que a bebida só é vendida para maiores de 18 anos. Beba com moderação e se beber não dirija. 

Galeria de fotos do lançamento no dia 13 de abril na Cervejaria Nacional por Kica de Castro: 

Guilherme, mestre cervejeiro da Cervejaria Nacional, servindo os convidados e clientes com a Unit Red Ale

Kethlyn Diniz, gerente da Loja Lamas Brew Shop, São Paulo. Prova que lugar de mulher é no mercado de trabalho no ramo de cerveja artesanal.

Unite Red Ale, comercializada na Cervejaria Nacional.

Da esquerda para direita: Elso Rigon (Lamas), Alessandro Morais (Lamas), Alexandre Cymes (Cervejaria Nacional), David Figueira (Lamas) e Marcus Ribas (Cervejaria Nacional), fazendo um brinde para todas as mulheres.

Os diretores da empresa Lamas, em comemoração com a participação da ONG Essas Mulheres.

Visite: www.lamasbrewshop.com.br

 

 

por Kica de Castro

 

 

Fotos tiradas para Conexão Inclusiva da revista digital Tendência Inclusiva.

© Copyright Tendência Inclusiva  2014 / 2020